Via Lucis

NOS CAMINHOS LUMINOSOS DA RESSURREIÇÃO

“Toda a vida cristã brota da Páscoa do Senhor Jesus Cristo Vivo e Ressuscitado. Ele é Aquele que, livremente padece e morre no amor, em obediência ao Pai, para salvar o mundo, isto é, para lhe dar a vida. Pela Sua Ressurreição e Glorificação, na oferta do dom do Seu Espírito, Jesus nos conduz à completude e plenitude da vida. Depois de o contemplarmos e de o seguirmos na via da Sua paixão e morte, onde na dor e compaixão manifesta o grande amor misericordioso de Deus por toda a humanidade consumado na hora da Cruz; agora queremos contemplá-lo e segui-lo pelas estradas do mundo onde Ele, como em Emaús, se torna presente e atuante, convidando-nos a uma conversão constante, à fé, à esperança e à caridade”.

Proposta do Secretariado Nacional de Liturgia, de Carlos Aquino, abril 2020

ORAÇÃO INICIAL

P/. Em nome do Pai, Senhor que nos dá a vida; e do Filho que foi Ressuscitado; e do Espírito Santo, dom do Seu amor. R/. Ámen.

Pai nosso…

P/. Em família e em comunhão com a Igreja, o povo santo de Deus, vamos percorrer um caminho, contemplando e meditando na presença de Jesus Ressuscitado nas nossas vidas. Fazemos memória dessa presença revisitando a história da salvação e relendo as Sagradas Escrituras. Elas falam sobre os extraordinários acontecimentos que foram vividos pelos discípulos de Jesus Cristo, depois da Sua paixão e morte, reveladores que Ele vencera a morte e estava, na verdade, Vivo.

R/. Senhor Deus, fonte da Vida, que no Teu Filho Jesus Cristo, vencedor da morte, nos abres as portas do Teu Reino e mostras aos errantes a luz da verdade para poderem voltar ao bom caminho, concede-nos a nós e a quantos se declaram cristãos que, rejeitando tudo o que é indigno deste nome, sigamos fielmente as exigências da fé, dando testemunho pela nossa vida da Ressurreição de Jesus. R/. Ámen.


I ESTAÇÃO // A RESSURREIÇÃO: JESUS CRISTO VENCE A MORTE

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São Mateus (28, 1-7)

Depois do Sábado, ao raiar do primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o túmulo. E eis que houve um grande tremor de terra, pois um anjo do Senhor, descendo do céu e aproximando-se, rolou a pedra e sentou-se em cima dela. O anjo disse às mulheres: “Não tenhais medo! Sei que procurais Jesus, o Crucificado. Não está aqui, pois ressuscitou como disse”.

P/. Senhor Jesus, também nós te procuramos em nosso amor.

R/. Faz-nos vencer o medo do mal e da morte!

P/. Há momentos de dúvida, de abandono, sofrimento e tristeza. R/.

P/. Faz que saibamos encontrar-te pela fé. R/.

R/. Senhor dá-nos a capacidade de vencer o medo e de te procurar ainda que seja noite e ainda que nos envolvam as trevas. A graça de saber oferecer-te o nosso amor, vigiando contigo, desde o raiar de cada dia. Ressuscita-nos dos nossos túmulos, move todas as pedras que bloqueiam a nossa visão da Vida. Sepulta o nosso egoísmo e a nossa indiferença, levanta-nos da tristeza e do mal. Liberta-nos dos obstáculos que nos impedem de viver, de sermos livres e felizes.

Pai nosso…


II ESTAÇÃO // JUNTO AO SEPULCRO VAZIO

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São João (20, 1-10)

No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi de manhã cedo ao sepulcro, estando ainda escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do sepulcro. Foi a correr ter com Simão Pedro e com o outro discípulo, aquele de quem Jesus era amigo, e disse-lhes: “Tiraram o Senhor do sepulcro e não sabemos onde o puseram”. Pedro e o outro discípulo saíram, então, e foram ao sepulcro. Corriam os dois juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro. (…) Viu e acreditou. De facto, ainda não tinham compreendido a Escritura: era necessário Ele ressuscitar dos mortos. Os discípulos foram, então, novamente para junto dos seus.

P/. Senhor Jesus aviva nas horas de sofrimento a nossa fé.

R/. Dá-nos um coração cheio de Esperança!

P/. Cuida e protege quem é esmagado pela provação. R/.

P/. Nas tuas mãos depomos as nossas vidas. R/.

R/. Senhor dá-nos a coragem de caminharmos aos sepulcros e de saber vencê-los por uma fé sincera e ativa. Porque a verdadeira experiência pascal acontece no encontro contigo, Vivo e Ressuscitado, ajuda-nos a não nos envergonharmos de manifestar o nosso amor por Ti. Possa o desejo da nossa procura contribuir para a renovação de toda a nossa vida. Concede-nos a Graça de sabermos acreditar nas Escrituras, de as escutarmos e de pormos em prática o seu ensinamento.

Pai nosso…


III ESTAÇÃO // VI O SENHOR! O ENCONTRO COM A DISCÍPULA

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São João (28, 11-18)

Maria, porém, estava de pé junto ao sepulcro, do lado de fora, a chorar. Então, enquanto choravam, debruçou-se para o sepulcro e viu dois anjos em vestes brancas, sentados um à cabeceira e outro aos pés do lugar onde tinha sido deposto o corpo de Jesus. Disseram-lhes eles: “Mulher, porque choras?”. Disse-lhes: “Tiraram o meu Senhor, e não sei onde o puseram”. Tendo dito isto, voltou-se para trás e viu Jesus de pé, mas não sabia que era Jesus. Disse-lhe Jesus: “Mulher, porque choras? A quem procuras?” Ela, pensando que era o jardineiro, disse-lhe: “Senhor, se foste Tu que o levaste, diz-me onde o puseste, e eu irei busca-lo”. Disse-lhe Jesus: “Maria!”. Ela, voltando-se, disse-lhe em hebraico: “Rabúni!” – que significa “Mestre!”.

P/. Senhor Jesus acolhe as lágrimas das nossas dúvidas e tristezas.

R/. Faz que te vejamos com o nosso coração!

P/. Cura-nos e consola-nos dos nossos sofrimentos. R/.

P/. Torna-nos dignos de testemunhar a tua Ressurreição. R/.

R/. Senhor dá-nos a graça de Te reconhecer Vivo e presente na nossa vida. De Te procurarmos sempre com confiança e perseverança. Faz que não nos percamos na tristeza e no lamento, que não nos afundemos na mágoa e nas lágrimas. Ajuda-nos a encontrar-te e a entender que não podemos aprisionar-te e a segurar-te só para nós. Ensina-nos a melhor entender os frutos da Tua Ressurreição pela qual te tornas nosso Mestre e nos conduzes à vida e ao encontro com o Pai.

Pai nosso…


IV ESTAÇÃO // JESUS CAMINHA COM OS DISCÍPULOS DE EMAÚS

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São Lucas (24, 13-19.25-27)

E eis que nesse mesmo dia dois deles estavam a caminho de uma povoação, de nome Emaús, que distava sessenta estádios de Jerusalém. Eles conversavam um com o outro acerca de tudo o que acontecera. E aconteceu que, enquanto eles conversavam e debatiam, o próprio Jesus, aproximando-se, pôs-se a caminhar com eles. Os seus olhos, porém, estavam impedidos de o reconhecer. Então Ele disse-lhes: “Ó desprovidos de inteligência e lentos de coração para acreditar em tudo quanto disseram os Profetas! Não era necessário que o Cristo sofresse estas coisas, para entrar na Sua glória?” E, começando a partir de Moisés, e de todos os Profetas, explicou-lhes, em todas as Escrituras, o que a Ele dizia respeito.

P/. Senhor Jesus faz-te presente no nosso peregrinar.

R/. Ilumina o nosso coração com a Palavra de Deus!

P/. Reaviva a nossa fé e fortalece o nosso amor. R/.

P/. Faz que a Palavra seja semente que frutifica na nossa vida. R/.

R/. Senhor dá-nos a sabedoria para entender as Sagradas Escrituras e fé para sabermos realizar o seu cumprimento na nossa vida. Faz-nos descobrir que não caminhamos sozinhos. Tu sempre nos acompanhas e abres o sentido da nossa vida. Ensina-nos a saber cumprir a vontade de Deus, que nos redime e salva, sobretudo nos momentos mais difíceis e escuros do nosso peregrinar; a perceber que não há vida sem morte, glorificação sem sofrimento e paixão.

Pai nosso…


V ESTAÇÃO // A REFEIÇÃO DE EMAÚS: JESUS MANIFESTA-SE NO PARTIR DO PÃO

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São Lucas (24, 28-35)

Aproximaram-se da povoação para onde iam, e Ele fez menção de seguir adiante, mas eles insistiram com Ele, dizendo: “Fica connosco, porque é tarde e o dia já está a declinar”. Entrou, então, para permanecer com eles. E aconteceu que, quando Ele se reclinou com eles à mesa, tomando o pão, pronunciou a bênção e, partindo-o, deu-lho. Abriram-se-lhes os olhos e reconheceram-no, mas Ele deixou de lhes ser visível. Diziam, então, um ao outro: “Não nos ardia o nosso coração quando Ele no caminho nos falava, quando nos abria as Escrituras?

P/. Senhor Jesus fica connosco nos entardeceres da nossa vida.

R/. Dá-nos sempre do Teu Pão!

P/. Faz que o nosso coração arda na escuta da Vossa Palavra. R/.

P/. Faz-nos entender que não há plenitude de vida sem a Tua presença. R/.

R/. Senhor dá-nos fé para acolhermos a Tua presença quando nos explicas o sentido das Escrituras, nos alimentas da Palavra e do pão que é repartido para todos nós. Abre os nossos olhos e o nosso coração quando estamos sentados contigo à mesa, celebrando como nos pediste, o memorial da Tua Páscoa, a Eucaristia, onde damos graças pela Tua presença nas nossas vidas. Acende em nós o fogo do Teu amor. Continua a salvar-nos e a dar-nos a vida.

Pai nosso…


VI ESTAÇÃO // NO CENÁCULO: JESUS APARECE AOS SEUS DISCÍPULOS

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São Lucas (24, 36-49)

Enquanto eles falavam disto, Ele apresentou-se no meio deles e disse-lhes: “A paz esteja convosco!”, mas, aterrorizados e assustados, pensavam estar a ver um espírito. Disse-lhes: “Porque estais perturbados e por que razão surgem esses pensamentos no vosso coração? Vede as minhas mãos e os meus pés: sou Eu mesmo. “Assim está escrito que o Cristo havia de sofrer e ressuscitar dos mortos ao terceiro dia, e que havia de ser proclamada, em seu nome, a conversão para o perdão dos pecados a todos os povos. Começando por Jerusalém, vós sois testemunhas destas coisas. E eis que Eu vou enviar sobre vós a promessa de meu Pai; vós, ficai na cidade até serdes revestidos com o poder do alto”.

P/. Senhor Jesus quando o medo e a inquietação nos abatem.

R/. Envia sobre nós a Tua Paz!

P/. Corrige o nosso modo de pensar e de viver. R/.

P/. Faz que descubramos o valor profundo de estar contigo. R/.

R/. Senhor permite que não vivamos perturbados e assombrados pelos acontecimentos dramáticos da vida. Que acreditemos que és Tu mesmo que te fazes presente nos acontecimentos que tecem a nossa existência, nos iluminas com a Luz da Palavra e da Verdade e alimentas com o pão da vida eterna onde te dás a nós. Dá-nos a Paz. Converte o nosso coração ao teu amor. Perdoa-nos nas nossas faltas e desencontros. Fortalece-nos com o poder do alto para sermos testemunhas alegres da Tua Ressurreição.

Pai nosso…


VII ESTAÇÃO // A RECONCILIAÇÃO: JESUS DÁ O PODER DE PERDOAR

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São João (20, 19-23)

“Na tarde daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas do lugar onde estavam os discípulos, por medo dos judeus, veio Jesus e, de pé, no meio deles disse-lhes: “A paz esteja convosco!”. Tendo dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos alegraram-se ao verem o Senhor. Disse-lhes Jesus, de novo: “A paz esteja convosco! Tal como o Pai me enviou, também Eu vos envio”. Tendo dito isto, soprou e disse-lhes: “Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, serão retidos”.

P/. Senhor Jesus faz que reconheçamos as nossas faltas e pecados.

R/. Abre-nos à graça da Reconciliação!

P/. Ajuda-nos a perdoar as ofensas e as indiferenças. R/.

P/. Faz-nos crescer como testemunhas do Teu amor. R/.

R/. Senhor dá-nos a graça de superarmos pela fé medos e dúvidas e de nos alegrarmos com a Tua presença. De não vivermos fechados em casa no desânimo e na tristeza. Envolve-nos no dom da Tua Paz. Torna-nos discípulos missionários que fortalecidos pelo Espírito e santificados pelo amor assumem ser testemunhas da Tua Ressurreição no mundo, comunicando a todos o Teu amor e perdão e chamando à conversão e santidade.

Pai nosso…


VIII ESTAÇÃO // COM TOMÉ: JESUS CONFIRMA A FÉ

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São João (20, 24-29)

Ora, Tomé, um dos Doze, o chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. Diziam-lhe, então, os outros discípulos: “Vimos o Senhor!”. Mas ele disse-lhes: “Se não vir nas suas mãos o lugar dos pregos, não meter o meu dedo no lugar dos pregos e não meter a minha mão no seu lado, jamais acreditarei”. Oito dias depois, estavam de novo os seus discípulos dentro e Tomé com eles. Estando fechadas as portas, veio Jesus e, de pé, no meio, disse: “A paz esteja convosco!”. Depois disse a Tomé: “Traz aqui o teu dedo e vê as minhas mãos; traz a tua mão e mete-a no meu lado. E não te tornes incrédulo, mas crente”. Respondeu Tomé e disse-lhe: “Meu Senhor e meu Deus!”. Disse-lhe Jesus: “Porque me viste, acreditaste! Felizes os que não viram e acreditaram!”.

P/. Senhor Jesus liberta-nos da nossa incredulidade.

R/. Meu Senhor e meu Deus!

P/. Faz que saibamos ver-te nos mais pequeninos como nos ensinaste. R/. 

P/. Suscita em nós o desejo da contemplação. R/. 

R/. Senhor faz que não percamos a alegria em Te saber presente nas nossas vidas e nas nossas comunidades. Cria em nós o desejo de nos encontrarmos contigo no primeiro dia de cada semana, o oitavo dia.

Corrige-nos da tentação de te desejar sentir e tocar. Permite que pelo olhar da fé, a maneira mais profunda e nova de Te ver, saibamos encontrar-te e adorar-Te e assim ver o essencial, a vida que nos dais. Faz que vençamos o Maligno e a morte e ressuscita-nos para a vida verdadeira.

Pai nosso…


IX ESTAÇÃO // A PESCA PRODIGIOSA: JESUS MANIFESTA-SE EM TIBERÍADES

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São João (21, 1-7)

“Saíram e subiram para o barco, mas naquela noite não apanharam nada. Já ao surgir da manhã, Jesus estava de pé na margem, mas os discípulos não sabiam que era Jesus. Disse-lhes, então, Jesus: “Rapazes, tendes alguma coisa para comer?”. Responderam-lhe: “Não”. Mas ele disse-lhes: “Lançai a rede para a parte direita do barco e encontrareis”. Lançaram então; e já nem a conseguiam puxar, por causa da quantidade dos peixes. Então o discípulo, aquele que Jesus amava, disse a Pedro: “É o Senhor!”. Quando Simão Pedro ouviu: “É o Senhor!”, cingiu as vestes, pois estava nu, e lançou-se ao mar.

P/. Senhor Jesus quando as fadigas de cada dia nos fazem desanimar.

R/. Envolvei-nos no vosso amor!

P/. Ao experimentarmos os vazios e as dificuldades da vida. R/. 

P/. Quando perdemos a coragem nos nossos esforços e a perseverança. R/. 

R/. Senhor são muitas as noites na nossa vida e as pescas infrutíferas. Muitas vezes assalta-nos a frustração e o vazio, tudo parece ter sido em vão. Nos dias cinzentos da nossa vida, faz que descubramos e acreditemos que estás no meio de nós. Dá-nos um olhar cheio de amor para sabermos reconhecer a Tua presença. Ajuda-nos a vencer os obstáculos que nos impedem de viver. De sabermos obedecer livremente à tua Palavra.

Pai nosso…


X ESTAÇÃO // A CONSAGRAÇÃO DA ‘PEDRA’: JESUS CONFIA O PRIMADO DA IGREJA A PEDRO

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São João (21, 15-19)

Depois de terem comido, disse Jesus a Simão Pedro: “Simão, filho de João, amas-me mais do que estes?”. Disse-lhe: “Sim, Senhor, Tu sabes que sou teu amigo”. Disse-lhe Ele: “Apascenta os meus cordeiros”. Disse-lhe, de novo, pela segunda vez: “Simão, filho de Jonas, amas-me?”. Disse-lhe: “Sim, Senhor, Tu sabes que sou teu amigo”. Disse-lhe Jesus: “Pastoreia as minhas ovelhas”. Disse-lhe pela terceira vez: “Simão, filho de João, és meu amigo?”. Pedro entristeceu-se por Jesus lhe ter dito pela terceira vez: “És meu amigo?” e disse-lhe: “Senhor, Tu sabes tudo; Tu sabes que sou teu amigo!”. Disse-lhe Jesus: “Apascenta as minhas ovelhas. (…) E, tendo dito isto, disse-lhe: “Segue-me”.

P/. Senhor Jesus porque não somos capazes de Te amar com pureza.

R/. Aceitai, Senhor, a verdade da nossa amizade!

P/. Libertai-nos da mediocridade e das nossas falsas seguranças. R/.

P/. Faz-nos esperar com paciência o teu abraço misericordioso. R/.

R/. Senhor desvenda também em nós o essencial para a vida. Faz que o nosso amor não seja frágil e interesseiro, mas livre e puro, desapegado e oblativo. Limpa a nossa sujeira, a maldade do fundo do coração para podermos também seguir-te como servos até darmos a nossa vida por amor como Tu, o Bom Pastor. Faz que seja autêntico e frutuoso o nosso amor ao serviço dos mais pequenos e frágeis.

Pai nosso…


XI ESTAÇÃO // JESUS CONFIA AOS DISCÍPULOS A MISSÃO UNIVERSAL

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Evangelho segundo São Mateus (28, 16-20)

Os onze discípulos foram para a Galileia, para o monte que Jesus lhes tinha designado. Quando o viram, ajoelharam-se, mas duvidaram. Jesus, ao aproximar-se, falou-lhes dizendo: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Ide, fazei discípulos todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a observar tudo quanto vos ordenei. E eis que Eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos tempos”.

P/. Senhor Jesus liberta-nos das dúvidas e das cadeias do egoísmo.

R/. Jesus Ressuscitado, nosso Salvador, permanece connosco!

P/. Ilumina todos os que buscam com sinceridade a Verdade. R/.

P/. Faz-nos teus discípulos e ensina-nos a viver com fidelidade. R/.

R/. Senhor dá-nos fé para não duvidarmos que estás Vivo, vencestes a morte e caminhas connosco doando-nos a Vida. Permite que caminhando contigo e com os irmãos possamos encontrar respostas para as nossas dúvidas e redescobrir o sentido da nossa vida. Faz que sejamos discípulos autênticos e fiéis no cumprimento do Teu mandato e encontremos a verdadeira alegria e a esperança na comunhão contigo.

Pai nosso…


XII ESTAÇÃO // O REGRESSO AO PAI: JESUS SOBE AO CÉU

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Livro dos Atos dos Apóstolos (1, 6-11)

Estavam todos reunidos, quando lhe perguntaram: “Senhor, é agora que vais restaurar o Reino de Israel?”. Respondeu-lhes: “Não vos compete saber os tempos nem os momentos que o Pai fixou com a sua autoridade. Mas ides receber uma força, a do Espírito Santo, que descerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, por toda a Judeia e Samaria e até aos confins do mundo”. Dito isto, elevou-se à vista deles e uma nuvem subtraiu-o a seus olhos. E como estavam com os olhos fixos no céu, para onde Jesus se afastava, surgiram de repente dois homens vestidos de branco, que lhes disseram: “Homens da Galileia, porque estais assim a olhar para o Céu? Esse Jesus que vos foi arrebatado para o céu virá da mesma maneira, como agora o vistes partir para o Céu”.

P/. Senhor Jesus que vieste trazer o Céu à terra.

R/. Faz de nós homens e mulheres de Céu!

P/. Porque já estás Vivo e glorioso junto do Pai. R/.

P/. Escuta a oração guardada nos nossos corações. R/.

R/. Senhor apaga do íntimo do nosso coração o desejo do poder e da força, do “status” social e das aparências. Ensina-nos a cumprir a missão de sermos testemunhas do Reino de Deus no mundo inteiro. Faz que sejamos discípulos missionários conduzidos pela força do Teu Espírito. Ensina-nos a realizar a nossa vida tendo sempre os olhos fixos no céu sabendo que caminhais connosco até à vossa vinda definitiva.

Pai nosso…


XIII ESTAÇÃO // COM MARIA NA ESPERA DO ESPÍRITO SANTO

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Livro dos Atos dos Apóstolos (1, 12-14)

Desceram, então, do monte chamado das Oliveiras, situado perto de Jerusalém, à distância de uma caminhada de Sábado, e foram para Jerusalém. Quando chegaram à cidade, subiram para a sala de cima, no lugar onde se encontravam habitualmente. Estavam lá: Pedro, João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, filho de Tiago. E todos unidos pelo mesmo sentimento, entregavam-se assiduamente à oração, com algumas mulheres, entre as quais Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos de Jesus.

P/. Senhor Jesus levanta-nos da nossa fragilidade, pequenez e pobreza.

R/. Senhor dá-nos o dom do Teu Espírito!

P/. Quando reunimos na fé a celebrar o memorial da Tua Páscoa. R/.

P/. Para sabermos crescer na unidade e na comunhão. R/.

R/. Senhor, hoje somos nós que fazemos parte da Tua família, a Igreja. Dá-nos a graça de aprendermos a vida cristã na união e comunhão de sentimentos com os irmãos e na oração, na escuta frequente da Palavra do Senhor e na celebração memorial da Tua Páscoa fazendo o que nos pediste até à Tua vinda no final dos Tempos. Sabendo da presença da Tua Mãe entre nós, a discípula crente do Senhor, faz que possamos aprender com ela a fortalecer a nossa fé, a nossa esperança e o nosso amor.

Pai nosso…


XIV ESTAÇÃO // CUMPRE-SE A PROMESSA: JESUS ENVIA O ESPÍRITO SANTO

P/. Nós vos adoramos e bendizemos Senhor Jesus Cristo.

R/. Que pela Tua Santa Cruz e Ressurreição deste Vida ao mundo. Aleluia!

P/. Do Livro dos Atos dos Apóstolos (2, 1-4)

Quando chegou o dia de Pentecostes, encontravam-se todos reunidos no mesmo lugar. De repente, ressoou, vindo do céu, um som comparável ao de forte rajada de vento, que encheu toda a casa onde eles se encontravam. Viram então aparecer umas línguas, à maneira de fogo, que se iam dividindo, e poisou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar outras línguas, conforme o Espírito lhes inspirava que se exprimissem.

P/. Senhor Jesus que nos purificas e fortaleces pelo dom do Espírito Santo.

R/. Faz de nós Homens novos, testemunhas da Tua Ressurreição!

P/. Porque edificas no Espírito a Igreja, no amor e na santidade. R/. 

P/. Permite que renasçamos pelos Sacramentos da Iniciação cristã. R/. 

R/. Senhor ajuda-nos a vencer os medos e as dúvidas. Concede-nos o dom do Teu Espírito. Varre as nossas inseguranças e purifica a nossa fé. Faz que cessem as incompreensões, divisões, invejas, ciúmes, ódios e indiferenças e possamos realizar toda a nossa vida na Verdade e no Amor. Ensina-nos a ter confiança em Ti e a ser testemunhas da Tua Ressurreição pelo mundo inteiro e em todas as periferias onde nos envias como profetas da Esperança e da vida nova.

Pai nosso…


ORAÇÃO FINAL

P/. Senhor Deus que no Teu amado Filho Jesus revelaste o amor e nos ensinaste o caminho, a verdade e a vida para chegarmos a Ti e vivermos em comunhão contigo; Tu que enriqueces a nossa vida com o dom do Espírito de Jesus Ressuscitado e pela graça dos Sacramentos da Igreja, guarda-nos com a Tua contínua proteção, conduz-nos pelos caminhos do nosso crescimento espiritual, fortalece-nos para sabermos professar livremente a nossa fé, sermos alegres e perseverantes na Esperança, fervorosos e fecundos na Caridade. Ámen.

P/. O Senhor nos abençoe, nos proteja e nos guarde sempre no Seu amor. Ámen.