Dinâmica Pastoral Advento.Natal 2021

“Por aqueles dias, Maria pôs-se a caminho e dirigiu-se apressadamente…” (Lc 1, 39a)

Esta expressão de Maria a caminho, apressada em ir, concretiza-se numa das narrativas evangélicas deste tempo de Advento e convida-nos a recordar a sua visita à sua prima Isabel, que se prepara para ser mãe (de João Batista). O texto evangélico descreve esse acontecimento. É como que o resumo da vida de Maria! Em primeiro lugar, a atitude de serviço expressa na visita de Maria à sua prima Isabel, onde o texto mostra essa disponibilidade logo nas primeiras palavras: «Maria pôs-se a caminho e dirigiu-se apressadamente». Em segundo lugar, o belo hino de ação de graças entoado por Maria, aquando do encontro com Isabel.

Desta forma, e olhando para as várias atitudes e sentimentos expressos neste caminho de Maria, podemos olhar para este Natal como um ponto de partida e de chegada, encontro, alegria, serviço, disponibilidade, partilha, luz, graça, auxilio, fé inabalável, amor incondicional.

No Presépio de Belém esperamos ver e experienciar tudo isto. No nascimento de Jesus, esperamos viver a alegria plena de podermos sair da nossa zona de conforto e começar a caminhar… começar a ir (nem que seja por etapas), mas começar… sempre com a convicção de conseguirmos alcançar a meta e o fim primeiro: o encontro com Jesus, o encontro com o próprio Deus feito carne, feito um de nós, como nós…

SEMANA A SEMANA: O Caminho com Maria

Fieis à liturgia dominical, vamos compilando, dos textos bíblicos, semana a semana, a melhor maneira de fazer o nosso caminho, inspirados e concentrados na figura de Maria. Propomos os textos e esquemas, que contextualizam, concretizam e aprofundam o significado desta caminhada e a sua forma prática, quer no âmbito familiar, quer no espaço da nossa comunidade paroquial. Para melhor vivenciarmos este tempo, para além da árvore de Natal, propomos que cada família construa uma coroa de Advento, com quatro velas e uma imagem de Maria no centro. No dia de Natal essa imagem dará lugar a uma quinta vela, que significa o nascimento de Jesus, a “luz para alumiar todas as nações” (Lc 2, 32).
Também propomos que construam o Presépio. Podem tê-lo completo logo desde o início, ou então ir construindo semana a semana, acrescentando em cada semana uma nova figura (ver proposta). A figura de Jesus deverá ser colocada só na noite de Natal.
Em cada semana, nas eucaristias acenderemos uma vela da nossa coroa de Advento, fazendo a respetiva oração. À semelhança do que faremos na igreja, propomos que o façam em família: que acendam uma vela por semana e façam uma pequena oração em família (ver proposta).


Subsídios